Quase 200 profissionais da educação não foram imunizados em Mauá

De acordo com dados da prefeitura desta segunda-feira (17), quase 200 profissionais da educação de Mauá – do grupo prioritário – não receberam a vacina contra Covid-19. A prefeitura estima no melhor cenário, que as aulas voltem no dia 31 de maio.

No total, a cidade tem 2.524 educadores com mais de 47 anos; segundo dados da administração municipal. Dentre eles, 2.326 receberam as duas doses da vacina. Ou seja, a campanha ainda precisa atingir 198.

Nesse sentido, a data de retorno das aulas presenciais, prevista de forma estadual para o último dia deste mês, vai depender da situação de Mauá. “Desde que os índices que pressionam o sistema público de saúde reduzam e/ou a vacinação avance”; fala o Paço.

Contudo, autoridades da saúde dizem que além da totalidade dos servidores vacinados, o processo de retorno das aulas precisaria acontecer mais adiante. Uma vez que a vacina se torna eficaz depois de 14 a 28 dias da aplicação.

Deixe seu comentário
blank