Mauá aprova destinação de eletrônicos apreendidos para escolas

Nesta terça-feira (11), a Câmara de Mauá aprovou com unanimidade, uma moção que apoia outro Projeto de Lei (PL N°452/2020) em nível estadual, que destina equipamentos eletrônicos apreendidos, para escolas das redes estadual e privada.

De acordo com o documento estadual, de autoria da deputada Leci Brandão (PCdoB), diz que computadores; tablets; celulares e demais dispositivos de informática apreendido por órgãos públicos e sem a identificação do proprietário, passam para a rede de ensino.

Por sua vez, o texto do vereador mauaense Junior Getulio (PT), afirma que “grande parte desses equipamentos eletrônicos apreendidos permanece sem destinação, após esgotadas todas as diligências para identificação de seus proprietários ou quando finalizados os processos.

Há necessidade da união para que propostas como estas, ora debatidas; sejam implementadas em nosso Estado visando a combater a exclusão digital de nossos estudantes.”

Contudo, o apoio do Legislativo mauaense vai se mostrar útil ou não, quando passará por votação entre os deputados na ALESP (Assembleia Legislativa de São Paulo), ainda sem data prevista.

Deixe seu comentário
blank