Dono de estabelecimento foge para não assinar autuação em Mauá

Continua após a publicidade
blank

Um dono de padaria no Pq. das Américas, em Mauá, fugiu para não assinar autuação da Vigilância Sanitária. De acordo com a prefeitura, os agentes lacraram o lugar por funcionar depois do horário permitido e desrespeitar diversas outras normas.

Nesse sentido, o estabelecimento autorizava aglomeração de mais de 30 pessoas e permitia fumar no local. Além disso, a cozinha onde os alimentos eram preparados, não apresentava condições mínimas de higiene.

Contudo, a padaria só pode reabrir legalmente, depois que o proprietário comparecer à sede da Covisa. Do mesmo modo, o homem vai ter que limpar e readequar as instalações do lugar conforme a lei.

Snooker bar clandestino

No mesmo dia de operações, a fiscalização encontrou um ‘snooker bar’ clandestino. Cerca de 40 pessoas estavam no lugar na R. Jairo França, Jd. Mauá.

O bar considerado não essencial e que funcionava depois do horário permitido; tinha gente sem máscara no piso superior jogando sinuca e consumindo bebidas alcoólicas. Por fim, a GCM (Guarda Civil Municipal) evacuou o lugar e notificou o dono.

Deixe seu comentário