Postos e conveniências são proibidos de funcionar 24h em Mauá

Continua após a publicidade
blank

Nesta terça-feira (30) a prefeitura de Mauá conseguiu na Justiça, suspender as liminares que permitiam o funcionamento 24h, dos postos de combustíveis e lojas de conveniência. De acordo com o TJ (Tribunal de Justiça), a proibição deseja combater a propagação da Covid-19.

Nesse sentido, a classe que tinha permissão para funcionar de forma integral, inclusive nos fins de semana, passa a ter que fechar às 19h. Além disso, a decisão assinada pelo presidente do TJ-SP, Geraldo Francisco Pinheiro Franco, menciona que o município está seguindo as normas previstas para o cenário de crise na saúde atual.

Do mesmo modo, o texto diz que “a persistir tal estado de coisas, estarão em risco a ordem, a saúde; a economia e a segurança públicas, inclusive pelo efeito multiplicador das decisões em análise”.

Contudo, Mauá vive semana de feriados antecipados e está na fase emergencial; assim como todo o estado de SP. De acordo com a Secretaria de Saúde estadual, a doença vitimou 922 pessoas. Enquanto os casos confirmados estão em 17.280.

Deixe seu comentário