Confirmada morte por Covid-19 na área educacional de Mauá

Continua após a publicidade
blank

Nesta semana, a APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), confirmou uma morte por Covid-19 na área educacional de Mauá. De acordo com a organização, o município também tem dois professores contaminados pela doença.

Segundo a associação, a vítima se chama Fernando e trabalhava como dirigente de educação no município. Por motivos internos, a instituição não revelou o sobrenome do profissional.

Além disso, o site da APEOESP diz que duas professoras estão com a doença na cidade. Apesar da identidade não ter sido revelada, uma trabalha na E. E. Walt Disney, na Vila Bocaina, e outra na E. E. Olinda Furtado de Albuquerque Cavalcante, no Zaíra.

Dessa forma, as duas profissionais estão afastadas por enquanto – segunda as escolas. Do mesmo modo, todos os funcionários que tiveram contato com as professoras, agora também devem prestar serviço à distância.

Com isso, a Secretaria de Saúde municipal afirmou que as instituições de ensino como um todo, inclusive as que as mulheres doentes, estão seguindo todos os protocolos de segurança.

Retorno das aulas

Na última semana, saiu o comunicado do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, dizendo que Mauá definiu o retorno das aulas para o próximo dia 5 de abril. De acordo com o texto, Diadema; Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, também seguem a mesma determinação.

Antes a volta estava marcada para o dia 1° de março. Mas, o Paço justifica que os colégios ainda precisam passar por reformas e se adaptar aos protocolos sanitários da Covid-19. As demais cidades da região, devem retomar com as aulas na rede pública na próxima segunda-feira.

Nesse sentido, os prefeitos da região tomaram esta decisão na última quarta-feira (10). Além disso, em Mauá a prefeitura disse em nota que espera um cenário mais favorável para receber os alunos.

Contudo, Mauá segue com as aulas remotas até a data do retorno presencial. A mudança deve atingir diretamente 20 mil alunos na cidade.

Deixe seu comentário