PL obriga bares e restaurantes de Mauá a servirem água gratuitamente

Continua após a publicidade
blank

Na tarde desta terça-feira (06), a Câmara de Mauá aprovou um projeto de lei que obriga bares e restaurantes de Mauá a servirem água filtrada gratuitamente. De acordo com a proposta, a situação econômica da maioria dos munícipes, agravada pela pandemia, explica o plano.

Além disso, o texto diz que a água mineral engarrafada tem pesado nas contas dos clientes. Assim, seu preço tem chegado a valores próximos ao de outras bebidas menos saudáveis. Como por exemplo, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Do mesmo modo, o projeto afirma que visa “a melhoria da saúde da população; a proteção da economia popular e do meio ambiente”. O artigo, não cita nada sobre possíveis multas para o estabelecimentos que desobedeçam a regra.

Por fim, a propositura aguarda segunda discussão e aprovação do Executivo, para entrar em vigor. Ou seja, a pauta precisa de nova votação na Câmara de vereadores. Bem como, o prefeito Atila Jacomussi (PSB), deve aceitar a PL, para que comece a valer em todo o município.

Deixe seu comentário