PTB oficializa rompimento com o PT de Mauá

Continua após a publicidade
blank

Na tarde desta quinta-feira (24), o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), anunciou rompimento com o PT (Partido dos Trabalhadores) em Mauá. De acordo com um comunicado divulgado pelo PTB, a decisão partiu do presidente nacional da sigla, Roberto Jefferson.

Dessa forma, o advogado Wagner Rubinelli (PTB), não se alinha mais ao candidato a prefeito Marcelo Oliveira (PT).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O Mauá Agora noticiou em primeira mão, no último dia 18, a divulgação do texto da Executiva nacional do partido de Rubinelli – o PTB. O documento, cita uma resolução do dia 4 de setembro de 2020. Na qual, proíbe as coligações partidárias com siglas de esquerda.

Até o dia 13 deste mês, a intenção de Wagner era ser candidato ao Paço de Mauá. Mas em convenção do PTB, o político anunciou sua desistência. Dessa forma, o objetivo era apoiar Marcelo Oliveira nas eleições deste ano. 

No entanto, a proibição do diretório nacional, junto com o documento anunciado nesta quinta-feira, torna oficial o rompimento dos políticos.

Além disso, outras cidades também receberam a mesma regra. Como por exemplo, S. Bernardo do Campo – onde está anulada a convenção partidária.

Veja o texto:

Comunicado divulgado pelo diretório do PTB

Deixe seu comentário

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.