Falta de segurança gera crimes frequentes em UBS

Continua após a publicidade

Ataques constantes a UBS do Jardim Oratório em Mauá, causam medo em moradores do local. Segundo informações, um médico já foi sequestrado e mais recentemente, três computadores foram roubados.

Munícipes disseram que a falta de segurança é tanta, que faltam não só médicos, mas também funcionários na unidade, uma vez que o medo da violência afasta os profissionais. Segundo a população, a UBS já foi assaltada seis vezes apenas neste ano.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ainda foi informado, que desde o mês de agosto, apenas uma médica atende a população no local e somente nas quartas-feiras, atividade essa insuficiente e que prejudica a saúde dos dependentes do serviço no bairro.

Em resposta, a Prefeitura disse que existe plantão diário da GCM (Guarda Civil Municipal) durante o funcionamento da UBS, e o caso do assalto está sendo investigado. Além disso, informou também que deseja contratar mais três médicos para a unidade.

Deixe seu comentário