Mauá negocia dívida para manter 4°DP no mesmo lugar

Publicidade

Após uma ação de despejo do 4° DP de Mauá por conta de débitos no aluguel, a Prefeitura decidiu negociar a dívida para evitar a troca do imóvel. A ideia é evitar transtornos tanto para a Polícia quanto para os moradores.

Uma reunião foi realizada na última quarta-feira (02) entre o responsável pela ação de despejo, o advogado Danilo Azevedo Sanjiorato, o secretário de Finanças da Prefeitura, Valtemir Pereira, e José Viana, chefe de Gabinete do prefeito Atila Jacomussi (PSB).

Segundo a prefeitura de Mauá, o melhor seria que o orgão continuasse no mesmo endereço, “A Prefeitura de Mauá está em negociação com o proprietário do imóvel onde abriga o 4º DP (Distrito Policial) de Mauá. A negociação é referente ao contrato e ao ajuste de valores e, enquanto a discussão ocorre, é afastada a possibilidade de despejo. Reforçamos que para a própria Polícia Civil e para a população, é melhor que o 4º DP permaneça no mesmo prédio, já que os moradores locais já estão acostumados para onde se dirigir quando é necessário”, afirmou em nota.

O advogado Danilo Azevedo relatou que a negociação está em andamento e que a ação continua na justiça até que o acordo se concretize.

O pedido de despejo tramita na 2ª Vara Cível do Fórum de Mauá. O juiz é Thiafo Elias Massad.

Deixe seu comentário