Segundo dia de greve tem UBS fechada

Publicidade

O movimento realizado pelo Sindsaúde (Sindicato da Saúde do ABC) denominado como “greve pipoca”, no seu segundo dia teve apoio de algumas UBS.

Nesta quarta-feira (18), foi protocolada uma ação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP) para que a greve fosse regularizada, por ser relacionado a um serviço essencial, a ação tinha tramitação prioritária.

Segundo a página do Sindicato, em Mauá, a UBS Paranavaí teve suas atividades paralisadas na parte da manhã, além das UBSs Palmares, em Santo André e Baeta Neves, em São Bernardo .

A greve pode englobar qualquer unidade de saúde da Fundação do ABC. Os trabalhadores reivindicam o não cumprimento, por parte da empresa, da Convenção Coletiva de Trabalho de 2019.

Segundo funcionários do Sindicato, a greve ainda deverá atingir mais pontos e deve durar até que os pedidos dos trabalhadores sejam atendidos.

Deixe seu comentário