TJ confirma data do julgamento de Átila Jacomussi

Publicidade

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), confirmou na última sexta-feira (30), o julgamento do recurso de Átila Jacomussi (PSB) contra sua cassação para o dia 9 de setembro.

O julgamento que estava marcado para julho, foi adiado pela desembargadora Ana Liarte, da 4ª Câmara de Direito Público, relatora do caso, a pedido do presidente da Câmara, Vanderley Cavalcante da Silva, o Neycar (SD), que quis ser ouvido no caso.

A cassação de Átila aconteceu no dia 18 de abril, na votação, 16 vereadores votaram contra o ex-prefeito. O motivo é uma acusação de vacância de cargo, alegando que Jacomussi permaneceu mais de 15 dias longe do Paço Municipal, contrariando a LOM (Lei Orgânica do Município) que só permite a ausência da cadeira sem aval dos vereadores por no máximo 15 dias.

Nas redes socias, o ex-prefeito tem postado uma série de vídeos onde comenta sobre algumas situações que acontecem na cidade de Mauá. Em um desses, Átila diz que sofreu uma perseguição e que a cidade passa por um “apocalipse político”.

Sobre o julgamento, Jacomussi alegou que está ansioso para que seja possível corrigir a injustiça que aconteceu, “certeza que a justiça vai ser feita”, afirmou.

Deixe seu comentário