Biblioteca Castro Alves realiza contação de história em comemoração ao Dia do Folclore

Publicidade

Muitas crianças de Mauá já sabem de cor quando se celebra o Dia do Folclore Brasileiro (22 de agosto), isso porque diversos alunos da rede pública estão participando de atividades educativas sobre a tradicional comemoração. Mais de 700 estudantes vão participar da contação de histórias na Biblioteca Pública Municipal Castro Alves, no Jardim Zaíra, que acontece entre 19 e 29 de agosto.

Os estudantes são das escolas municipais Lucinda Pedogrossi Castabelli e Oswald de Andrade e estão na fase de descobrir a magia da literatura, por isso, a bibliotecária Aldeize Araújo faz de tudo para atrair a atenção dos pequenos. Ela conseguiu ao mesmo tempo encantar e assustar as crianças vestida de Cuca, personagem do Sítio do Picapau Amarelo, criada por Monteiro Lobato. “Eu mesma faço o figurino, improviso os acessórios com reciclagem e vou reaproveitando roupas para compor o personagem. Venho de uma família que faz literatura de cordel e amo contar histórias”, afirmou.

A tática tem dado bons resultados. Desde que a biblioteca foi reaberta, em março deste ano, o número de visitantes só vem aumentando. Em março foram 62 pessoas e em julho foram contabilizados 260 leitores. “A biblioteca ficou bem mais atrativa após a reforma e pintura. Tenho percebido que aqueles que frequentavam o espaço quando eram crianças, agora estão retornando com os filhos”, contou a bibliotecária. A intenção é continuar com as atividades para aproximar ainda mais jovens deste universo literário.

Para fazer uma carteirinha para empréstimo de livros, o interessado deve levar duas fotos 3×4, RG e comprovante de residência. A biblioteca fica aberta da segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h, na Av. Presidente Castelo Branco, 1945, no Jardim Zaíra.

Deixe seu comentário