Estado descarta estadualização do Hospital Nardini

Publicidade

O secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, durante evento em São Bernardo nesta segunda-feira (20), descartou a estadualização do hospital Nardini.

Essa é uma reivindicação antiga da cidade, que passa por uma crise financeira, segundo o secretário, o estado não tem orçamento para algo deste tipo.

A proposta era um objetivo do ex-prefeito Atila Jacomussi (PSB), que teve seu mandado cassado em abril. A cidade de Mauá gasta em custeio do Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini cerca de R$9 milhões por mês, a Prefeitura reivindicava R$1 milhão do estado.

“Não temos orçamento para algo deste tipo, para estadualizar um hospital, nem aumento de custeio. Nosso orçamento está aquém do que desejávamos”, relatou o secretário.

Deixe seu comentário