Defesa Civil de Mauá realiza curso sobre áreas de risco em escolas municipais

Publicidade

Para conscientizar sobre os perigos de morar em área de risco e entender como identificar o movimento de terra de acordo com a quantidade de chuva, a Defesa Civil de Mauá realizará um projeto educacional com os professores das escolas municipais, para transmitir as informações aos alunos. O projeto tem a parceria com a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Estado de São Paulo, com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e com o Instituto Geológico.

Na reunião realizada nesta quarta-feira (15), entre a prefeita Alaide e todos os órgãos, foram discutidos diversos pontos do projeto que beneficiarão muitos bairros e, principalmente, o Jardim Zaíra. “Com essa capacitação dos professores será possível realizar atividades para diferentes idades, com ações e metas que envolvam toda a família. Dessa forma, todos poderão participar ativamente deste projeto e serem agentes fiscalizadores das regiões onde moram”, salientou a prefeita.

Já estão sendo tomadas ações de curto, médio e longo prazos, entre eles, cinco jovens da Escola Municipal Olavo Hansen, localizada na Vila Lisboa, viajarão para o Japão no fim do ano, para um fórum sobre desastres naturais. A decisão veio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, que selecionou Mauá como sendo um ponto focal para unir forças e colaborar com a transmissão de informações a outras cidades.

Entre diversos temas discutidos estavam a criação de um Núcleo Comunitário de Defesa Civil (Nudec) em Mauá; um novo mapeamento das áreas de risco; investimento em infraestrutura para microdrenagem; além da articulação com as Secretarias da Prefeitura para trabalhar em conjunto sobre este tema. “Mauá poderá ser um modelo de cidade responsável, criando um plano de mobilização contínuo e não apenas no momento de crise”, finalizou Alaide.

Deixe seu comentário