Categories Saúde

Segurança dos pacientes é tema de campanha hospitalar

Para intensificar a importância da segurança dos pacientes, a Santa Casa de Mauá lançou uma campanha de conscientização voltada a todos os seus 500 colaboradores, batizada de Paciente seguro em nossas mãos.

Toda a ação está alicerçada nas 6 metas internacionais de segurança do paciente, estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS): identificação do paciente / segurança no uso de medicamentos / comunicação efetiva / procedimento seguro / prevenção de quedas e higienização das mãos. A campanha será realizada até o dia 30 de abril e entre as atividades propostas estão palestras, jogos e dinâmicas.

De acordo com a gerente de Enfermagem Érika Helena de Souza Pereira, estudos americanos mostram que grande parte de acidentes graves ocorre dentro do ambiente hospitalar e, por isso, é preciso sempre ressaltar os cuidados que se deve ter no gerenciamento de riscos.

“Estamos iniciando a implantação das 6 metas internacionais de segurança do paciente na Santa Casa de Mauá visando prevenir eventos adversos e, assim, melhorarmos continuamente a qualidade e segurança em nossa assistência prestada”, explica a gerente.

Sobre a Santa Casa: no próximo mês de junho, a instituição completará 53 anos de fundação e, em breve, será inaugurada a primeira etapa do seu projeto de ampliação e revitalização. Nessa primeira fase, serão entregues o novo pronto-atendimento e 15 apartamentos e, no final do ano, está prevista a finalização do hospital infantil com oito apartamentos.

Em 2020, será inaugurado o prédio de apoio com 10 andares que comportarão, entre outras instalações, um hospital de retaguarda com até 80 leitos, para abrigar pacientes da rede pública (SUS), além do aumento do número de apartamentos, que chegará a 50. O Hospital passará dos atuais 6 mil metros quadrados para 15 mil metros quadrados de área de atendimento. As obras fazem parte do plano diretor para os próximos três anos e permitirão à Santa Casa de Mauá dobrar sua área física e triplicar a capacidade de atendimento.

Deixe seu comentário