As duas comissões que avaliam os pedidos de cassação de mandado do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), decidiram por dar prosseguimento aos dois processos.

Os relatórios foram encaminhados ao presidente da Câmara dos vereadores Vanderley Cavalcante da Silva, o Neycar (SD), que marcou para quinta feira (18) a votação dos parlamentares.

Pela comissão da denúncia de vacância no cargo, estabelecida pelos vereadores Cincinato Lourenço (PDT), Samuel Enfermeiro (PSB) e Helenildo Alves, o Tchacabum (PRP), os votos foram unânimes, todos favoráveis ao pedido de cassação.

Na comissão do processo por quebra de decoro o relatório foi aprovado por 2 a 1, com votos favoráveis dos vereadores Sinvaldo Carteiro (DC) e Jotão (PSDB), o vereador Bodinho (PRP) foi contrário a decisão.

Na votação que acontece nesta quinta feira (18), na Câmara dos vereadores, ainda pode ser aceito ou rejeitado a decisão das comissões.

Deixe seu comentário