Em sessão realizada nesta quarta (27) foi decidido em primeira votação na câmara pela proibição dos canudos plásticos na cidade de São Paulo.

A lei é de autoria do vereador Reginaldo Tripoli (PV), o PL recebeu 41 votos favoráveis e apenas 2 contrários. Seguido o regime, a primeira votação só pode acontcer após 48 horas da primeira, o projeto deve voltar a ser votado na segunda semana de março. Se aprovado, vai para a sanção ou veto do prefeito Bruno Covas (PSDB)

Conforme o texto, é descrito que fica proibido no município de São Paulo o fornecimento de canudos de material plástico em hotéis, restaurantes, bares, padarias entre outros estabelecimentos comerciais. A lei também se aplica a clubes noturnos, salões de dança e eventos musicais de qualquer espécie.

Para a substituição dos canudos, poderão distribuir “canudos em papel reciclável, material comestível ou biodegradável, embalados individualmente em envelopes hermeticamente fechados feitos do mesmo material”, diz o texto.

Deixe seu comentário