Em comunicado emitido na última quarta-feira (26), a vice-prefeita Alaíde Damo (MDB), deve reassumir o Paço Municipal interinamente nesta quinta-feira (27). A ação ocorre após a Câmara cancelar a sessão que votaria a licença do prefeito Atila Jacomussi (PSB).

Na última quarta, Atila emitiu um comunicado ao Poder Legislativo afirmando que está impedido de comandar a Prefeitura a partir desta quinta devido a prisão preventiva por suspeita de corrupção em contratos de compra de uniformes e materiais escolares.

Segundo informações, Alaíde foi ao Paço às 9h desta quinta para assumir a Cadeira Municipal, porém um clima tenso com os aliados de Atila a impediram de voltar ao cargo. Ainda segundo informações, a vice-prefeita espera uma demissão em massa dos aliados do prefeito preso. Damo deve voltar às 16:30 desta quinta para assumir a Prefeitura.

Alaíde assumiria de qualquer maneira nesta semana. Se houvesse a aprovação do pedido de licença de 30 dias, a emedebista assumiria nesta quinta. Se não houvesse a aprovação, a vice-prefeita assumiria interinamente na próxima sexta-feira (28), pois passariam os 15 dias de afastamento sem justificativa que o prefeito teria o direito.

Essa é a segunda vez que Alaíde Damo assumirá a Prefeitura. Ela comandou o município entre 15 de maio e 11 de setembro, quando Jacomussi ficou afastado após primeira prisão.

Deixe seu comentário