Chiquinho do Zaíra (Avante) foi o candidato a deputado estadual mais votado na cidade, com 27.888 votos. Mesmo não entrando na Assembléia, o atual vereador da cidade é suplente do partido. Contudo, ele revelou que existe possibilidade de disputar o Executivo da cidade em 2020. Em entrevista a um jornal regional, afirmou que sua votação o credencia para a corrida e que “ainda tenho que discutir a situação com meu grupo políticos, mas a possibilidade existe.”

Se concorrer ao Paço Municipal, será a terceira vez que Chiquinho concorrerá. A primeira foi em 2004, quando perdeu já no primeiro turno da eleição. Em 2008, retornou às urnas como candidato ao Executivo e levou o pleito ao segundo turno obtendo 93.382 votos. Perdeu a disputa para o ex-prefeito Oswaldo Dias (PT). No governo de Leonel Damo (2005 a 2008), atuou no primeiro escalão do governo sendo secretário de Governo e superintendente da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá).

Apesar de admitir a possibilidade de sair como candidato, Chiquinho afirmou que irá sentar com seu grupo político para tentar bater o martelo já nos primeiros dias de janeiro de 2019. “Não faço nada sozinho. Vou conversar com meu grupo e debateremos toda a situação política”, declarou.

Outro nome que ventila como possível candidato ao Paço é do ex-secretário de Meio Ambiente, Marcio Canuto (PSDB), que pediu exoneração do cargo há uma semana.

 

Deixe seu comentário