O candidato ao governo do Estado de São Paulo Major Costa e Silva (DC) foi vítima de bandidos na noite desta quarta-feira(03) enquanto dirigia pela Estrada da Cooperativa, em Ribeirão Pires.

De acordo com testemunhas, o candidato vinha de uma caminhada em Mauá, quando dois homens em uma moto começaram a atirar contra o veículo no qual o candidato estava junto com um segurança. A suspeita é que não tenha sido um assalto comum, já que o Major vinha recebendo ameaças e os bandidos iniciaram disparos sem anunciar assalto.

Houve troca de tiros e o carro chegou a capotar dentro de um riacho que corta o local. O acompanhante do candidato, um capitão da aeronáutica, identificado como “Munhoz” foi atingido, mas estava utilizando colete balístico que segurou a bala.

Neste momento, acompanham o candidato no hospital a vice da chapa, cabo Fatima Perola e Adriana Guedes, candidata a Deputada Federal também pelo DC. Nenhum dos dois correm risco de morte.

Deixe seu comentário