A sede central das Oficinas Culturais será palco da peça “Ainda Vivos”, com apresentações que acontecerão nesta quinta-feira (23), às 20h e no domingo (26), às 19h. A entrada é gratuita.

O enredo se dá em um ambiente de guerra e conta a história de quatro soldados que foram enterrados vivos em um buraco. Conforme o tempo passa suas memórias, medos e sensações vão revelando em qual guerra eles estavam lutando.
A dramaturgia é construída a partir de casos reais de opressão e violência para lançar a pergunta “quantas outras vozes são enterradas vivas atualmente?” Durante o processo, uma série de materiais compôs a pesquisa e ajudaram a formar o universo da peça que dialoga com o rap, o funk, o slam, a contracultura, discussões urbanísticas, a narrativa épica e o simbolismo.
Para os integrantes da companhia Teatro de Trincheira, grupo formado por artistas de Mauá, “Ainda Vivos” é uma história sobre guerra, mas também sobre identidade, preconceito e resistência”.
Ainda, de acordo com a equipe, embora o texto proponha uma história inteira passada dentro de um buraco, a encenação procura não se limitar ao literal e propõe outras leituras da ideia “o que é estar enterrado vivo?”.
Ao longo do espetáculo, as cenas constroem estados poéticos e imagens que relativizam o buraco. Periferia, solidão, escuridão, cárcere, são referências destas construções. A cenografia, figurino e trilha sonora finalizam a composição desse universo.

Serviço

Peça: “Ainda Vivos”- Teatro de Trincheira
Local: Sede das Oficinas – Rua dos Bandeirantes, 611 – Vila Bocaina
Telefone: 4544-7692
Dias: Quinta, às 20h e Domingo, às 19h
Entrada gratuita
Classificação: 14 anos
Deixe seu comentário