Uma mulher tentou entrar com 19 invólucros de maconha no Centro de Detenção Provisória de Mauá. A mesma foi barrada por agentes de segurança da unidade prisional, após o scanner corporal detectar a presença dos materiais.

Após constatar a substância, a mulher e os objetos apreendidos foram encaminhados para o 1º DP de Mauá, onde foi registrado um boletim de ocorrência. Com a medida, ela foi retirada da lista de visitantes autorizados a entrar no presídio. Isso porque toda pessoa que tenta adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais é automaticamente suspensa.

Deixe seu comentário