Oposição irá protocolar impeachment de Atila

Publicidade

O Prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), que está encarcerado na sede da PF (Polícia Federal) após a decisão do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) de decretar prisão preventiva ao chefe do executivo, tem forte oposição na cidade de Mauá após ser citado na “Operação Prato Feito).

O Mauá Agora noticiou que os vereadores aguardavam o parecer do TRF-3 para decidir sobre impeachment do então prefeito. Neste sábado (12) a liderança do PT (Partido dos Trabalhadores) decidiu protocolar, na próxima segunda-feira (14), às 13h, o pedido de impeachment de Atila.

O QUE PODE IMPEDIR?

Admir Jacomussi (PRP) fará extrema resistência e já articula nos bastidores, segundo fontes, para parar o pedido. Pai de Atila, Jacó – como é conhecido – fará de tudo para que o pedido não entre em votação, visto que a pressão popular pode gerar dúvida na base governista sobre qual lado ficar.

A equipe do Mauá Agora continuará acompanhando o caso.

Deixe seu comentário