Polícia Federal encontra R$87 mil na casa de Atila

Na manhã desta última quarta-feira (9), a Polícia Federal realizou a Operação Prato Feito, e cumpriu diversos mandados de busca e apreensão em Mauá. Foram cinco mandados. Entre eles, para o secretário de governo, João Gaspar (PCdoB) e também o prefeito municipal, Atila Jacomussi (PSB). Além destes, o ex-prefeito Donisete Braga (Pros) também está na mira da PF.

Atila foi detido pela Polícia Federal com R$87 mil em espécie, que foram encontrados em sua residência, enquanto seu secretário de governo, João Gaspar, foi detido com R$588,4 mil também em dinheiro. Atila foi conduzido à superintedência da PF.

O outro lado

Segundo comunicado da Prefeitura de Mauá a um jornal regional, Atila teria ido voluntariamente para a sede da Polícia Federal explicar a origem do dinheiro que estava em sua casa. No entanto, fontes informaram que Atila teria sido detido por não explicar a origem do mesmo.

Na prestação de contas, em 2016, quando Atila foi candidato, o agora prefeito declarou apenas o valor de R$5 mil à Justiça Eleitoral.

Deixe seu comentário